Comunicado aos Sindicatos da Fessp-Esp

A luta unificada dos servidores públicos tem mostrado bons resultados. Com a pressão sobre parlamentares e ações na Câmara, nesta semana, obtivemos vitória muito importante quinta-feira, dia 16/09, com o adiamento da votação da PEC 32, na Comissão Especial, para a próxima terça-feira.

Ainda que a bancada Bolsonarista tenha negociado com a “bancada da bala” alguns pontos de interesse deles, o presidente Arthur Lira avaliou que não tinha votos suficientes para aprovar a proposta.

Hoje eles sabem que não têm o mínimo de 308 votos favoráveis no Plenário para votação em dois turnos.

Reconhecem que a crise do governo Bolsonaro está prejudicando na Câmara. Mas com certeza o governo vai jogar pesado daqui para frente. Ele tem a caneta e sabemos que parlamentares, na sua maioria, não resistem à grana.

Os nossos sindicatos, através de suas lideranças, precisam definir como prioritário esse tema, como pauta principal. O momento é de instabilidade política em todos os sentidos. Portando, se unirmos esforços com certeza sairemos vencedores.

Neste sentido, conclamo às nossas lideranças sindicais, entrarem na luta, pois, meu sentimento é que a maioria está assistindo para ver o que sobra. Mas fique atento. Entre tantos outros pontos, destaco, que se a PEC 32 for aprovada, conforme Artigo 37º, em poucos anos os serviços públicos, com raras exceções, serão privatizados e nossos sindicatos também desaparecerão.

Portanto, precisamos acordar. Vamos entrar de cabeça nas ações, começando pelos parlamentares da sua região, ou cidade, perguntar a ele: “Deputada(o), você vai colocar sua digital nessa PEC, que destrói os serviços públicos e ataca diretamente os servidores?”.

Foi com muita luta e ações fortes no Senado que conseguimos derrotar o fantasma da Medida Provisória 1045 (outra Reforma Trabalhista, Carteira Verde Amarela).

Precisamos de lideranças em Brasília, pressionando os parlamentares e apontando o mal que a PEC trará aos servidores e à sociedade. É urgente aumentar ainda mais a pressão nas ruas, nas redes e sobre o Congresso Nacional. Derrotar a PEC é também um passo para acabar com esse governo que tem destruído nosso Brasil.

Já está convocada uma nova jornada a partir da terça-feira, dia 21/09, com a ida de representações a Brasília, vigília nos aeroportos, assembleias de base, atos e manifestações nos municípios e capitais brasileiras.

Espero contribuir a fim de motivar nossos sindicatos filiados, bem como suas lideranças, a se integrarem e reforçarem essa luta.

Contamos com um forte engajamento de nossas lideranças.

Só a nossa unidade é capaz de nos conduzir à vitória.

Lineu Neves Mazano
Presidente da Fessp-Esp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/fessp-esp/www/wp-includes/functions.php on line 4755

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/fessp-esp/www/wp-includes/functions.php on line 4755