SP: Fessp-Esp continuará pressionando parlamentares contra ‘reforma’ da Previdência de Dória


Dirigentes da Fessp-Esp, ontem (18), nas galerias da Alesp

Os deputados da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) aprovaram o texto-base da PEC (proposta de emenda à Constituição) da reforma da Previdência estadual na noite desta terça-feira (18).

A proposta recebeu 57 votos favoráveis e 31 contrários. Ao todo, 88 (dos 94 deputados) estiveram presentes na sessão. Por se tratar de uma PEC, a medida precisava de exatos 57 votos. Também será preciso passar por segunda votação, com votos a favor de 57 deputados.

A “reforma” dos servidores eleva a idade mínima para aposentadoria no estado de SP, muda a fórmula de cálculo, aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%, limita o acúmulo de benefícios e modifica regras da pensão por morte.

A “reforma” vai afetar 550 mil aposentados e pensionistas e mais 643 mil servidores da ativa, incluindo professores, policiais civis e agentes de segurança, entre outras categorias do funcionalismo público.

Mesmo com o texto aprovado em 1º turno no limite do necessário, a Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos no Estado de São Paulo
 – Fessp-Esp promete intensificar articulação política para derrubar mais esse ataque à aposentadoria dos servidores paulistanos. 

Secom/CSPB com informações do Jornal São Paulo Agora

Veja quem votou contra o servidor

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *