Audiência na Alesp

Audiência pública debate reforma da Previdência

O presidente da Fessp-Esp Lineu Neves Mazano participou da audiência pública que reuniu a Frente Paulista em Defesa da Previdência. Manzano, fez parte da mesa de debates ao lado de autoridades e representantes de entidades do serviço público do estado.

A audiência ocorreu na segunda-feira (25/3), no auditório Paulo Kobayashi, para debater a proposta da reforma da Previdência, que tramita na Câmara dos Deputados. 

Também estavam presentes o Secretário-Geral, a diretora de Assuntos da Mulher e o Tesoureiro-Geral da Fessp-Esp, respectivamente, Mauro de Campos, Kátia Rodrigues e  Joalve Vasconcelos dos Santos.

A audiência, convocada pelo líder do PSOL, deputado Carlos Giannazi, reuniu a Frente Paulista em Defesa da Previdência e teve como principal objetivo discutir e planejar atos por parte dos servidores públicos de São Paulo, contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, do governo federal. 

Giannazi comentou o intuito do movimento contra a reforma. “A população será duramente prejudicada e não conseguirá mais se aposentar, esta­mos lutando aqui para que a proposta não seja aprovada.” 

Para a deputada Adriana Borgo (PROS), que também compôs a mesa, é preciso defender os interesses daqueles que os elegeram. “É muito importante que essas audiências públicas aconteçam para que se esclareçam todos os pontos dessa nova previdência”, explicou. 

José Gozze, presidente da Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado (Fespesp), comentou as manifestações contra a PEC 6/2019 que vêm acontecendo em todo país. “A população está percebendo que é ela que mais sofrerá com essa reforma, é um formato que já foi testado em outros países e não funcionou”, afirmou. 

Além dos representantes, servidores públicos e membros de sindicatos foram convidados a discursar e apresentar suas opiniões sobre o projeto.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *